Um pingente abaulado é aquele cuja forma é convexa ou curva, arqueado para determinado ponto.  Trata-se de um tipo de pingente muito apreciado por mulheres e até mesmo homens, e que pode ser feito com pedrarias, metais (ouro, platina, prata). Este é um tipo de pingente que precisa de um separador – não pode ser fixado diretamente na gargantilha / corrente.

Há modelos e tamanhos variados de pingentes abaulados. Eles  costumam seguir o padrão importo pela moda, assim como é possível encontrar  os chamados modelos mais clássicos – os quais, de maneira bem geral, são feitos em pedras. Podem ainda ser produzidos de maneira mais industrial ou artesanal. Este último processo, costuma ser mais delicado, entretanto, também muito mais apreciado por quem gosta de joias e entende bem  a respeito delas.

Aqui vamos mostrar como é o processo de confecção de um pingente abaulado feito em metal. Os joalheiros que atuam no mercado artesanal, precisam ter estes materiais e ferramentas para fazer um pingente abaulado:

1-     Chapa de prata (corpo do pingente);
2-     Cinta de prata (caixa da pedra e gancho para corrente);
3-     Solda para prata;
4-     Pedra cabochão;
5-     Limas para metal;
6-     Arco de serra e serra para metal;
7-     Martelo de silicone;
8-     Martelo de aço;
9-     Alicates;
10-   Broca;
11-   Punção Bola;
12-   Toco de madeira e goma laca para cravação;
13-   Massa de polimento para metais.

Depois de fazer a organização dos materiais, é preciso fazer a escolha do desenho que terá o pingente. É possível usar uma etiqueta adesiva que será facilmente retirada depois de vazar o desenho na placa.

A sequência é esta: com uma broca perfura-se metal, em pontos estratégicos, onde não afete os traços do desenho. Essas aberturas serão usadas para introduzir a serra e vazar o desenho. A broca é fixada ao motor conhecido pelos ourives como “chicote”. A broca então perfura a chapa, nos pontos estratégicos. É preciso deixar excesso de chapa próximo ao local onde será soldada a caixa da pedra, o ajuste nesse ponto será feito somente após a solda. Depois de serrar os traços do desenho na parte interna do pingente, pode-se serrar seu contorno. Os ajustes mais finos são sempre feitos com a lixa.


A caixa onde irá a pedra é preparada com solda, todo o acabamento é realizado à mão. O excesso do interior da chapa é retirado, a peça passa por um processo de polimento. Somente por último é que a pedra é encaixada a ela.

Viu como é delicado o trabalho?

Aposte no uso desse tipo de peça única. Estará em alta no verão.

 

Tags: ,