Para falar em pedras preciosas, a primeira informação a ser esclarecida é que o conceito de “pedra preciosa”, na verdade é a “gema” encontrada em diversos locais – rochas, rios, riachos, nas profundezas dos mares e oceanos, e até mesmo nos locais mais improváveis. Estas pedras podem ser cortadas, lapidadas e aplicadas ou em adornos, em joias e até em bijouterias finas. Ao longo dos processos de mineração que atravessaram a história do homem, já foram encontrados alguns tipos de pedras que são classificadas como preciosidades raras. Algumas dentre elas chegam a valer milhões no mercado consumidor e que, por vezes, estão nas mãos de nobres da realeza.

Considerada a maior pedra do mundo, pesando mais de 6 toneladas e num formato que lembra uma pérola gigante, a maior pérola do mundo (pérolas também são gemas) foi encontrada na China. Ela possui mais de 1,6 metros de diâmetro, e está estimada num valor de US$ 300 milhões de dólares. No país de sua origem, as pérolas são altamente valorizadas, não apenas pela beleza, mas também por conta de sua raridade. Lá, as pérolas são mais valorizadas do que um diamante. A pedra chinesa gigante é constituída por minerais fluoritas, e compostos de fluoreto de cálcio. Para os especialistas, o material do qual se compõe a pedra não é raro, mas o que torna-a tão rara é, além do formato arredondado perfeito – foi toda polida – a capacidade que a pedra tem de brilhar no escuro.

Outro exemplar de preciosidade que foi encontrado no Brasil, é a Esmeralda Bahia. Possui este nome por ter sido encontrada em jazidas no interior daquele Estado. Também não está no país. O exemplar foi levado aos Estados Unidos, e está em disputa judicial. A pedra, logo após ter sido encontrada, foi vendida e revendida. Muitos brigam pela sua posse – isto porque ela está estimada num valor aproximado de US$ 700 milhões de dólares. No interior da esmeralda bahia há inúmeras esmeraldas menores. A esmeralda pesa mais de 360 quilos. Além disso, cilindros verdes  e muito brilhantes ainda podem ser encontrados em seu interior.

Outra raridade é a turmalina Paraíba. Igualamente à esmeralda bahia, possui este nome por ter sido extraída de uma jazida em terras paraibanas. Também é conhecida como etheral coraline divine, possui uma cor levemente azulada, e não pode ser encontrada em nenhum outro lugar no mundo, se não aqui no Brasil. Somo mesmo uma terra de riquezas.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *